Buscar
  • Omnibus

Inbound Marketing: poderosa estratégia para atrair clientes

Hoje vamos falar de uma estratégia de comunicação digital que tem crescido e se tornado uma grande aliada para empresas de todas as áreas: o Inbound Marketing. Vamos entender como isso funciona?


Todos os anos o Google produz o vídeo "Year in Search" listando as principais pesquisas feitas no site. Em 2020, eles chegaram a uma conclusão interessante: o “porquê” foi pesquisado mais do que nunca. “Por que o papel higiênico está esgotado?”, “Por que é chamado covid-19?”, “Por que o filme Parasita é tão bom?”, “Por que eu estou tão cansada?”, “Por que a Austrália está em chamas?” foram algumas das buscas.


Você consegue se lembrar de algum conteúdo digital que tenha chamado sua atenção trazendo uma informação do seu interesse ou as respostas para os seus “porquês”?


Acredite, nada disso é por acaso. Existe uma grande estratégia por trás da produção de conteúdo, que tem o intuito de chamar a atenção na hora certa por meio de um conteúdo útil e relevante para você naquele exato momento. Essa estratégia se chama Inbound Marketing.

Vamos aprender um pouco mais sobre isso e entender como utilizá-lo na produção de conteúdo?


O que é Inbound Marketing


Primeiramente, queremos deixar claro que essa estratégia tem como objetivo final converter vendas. Para tanto, o Inbound Marketing se utiliza de técnicas para captar o interesse e a atenção das pessoas por meio de “propagandas” não invasivas ou sem interrupções.


Vamos a um exemplo prático para você entender a essência: supomos que você quer levar a sua família para à Disney. Então, você vai no Google e pesquisa “Os melhores parques da Disney para crianças”. Você clica no primeiro resultado e é levado até um blog que lhe dá dicas detalhadas e relevantes sobre o assunto. No final do texto, você percebe que está no site de uma agência de viagens especializada em viagens à Disney e que oferece pacotes personalizados exclusivos. Você entra em contato e pede um orçamento. Você gosta do orçamento e fecha negócio.


É claro que esse exemplo é bastante simples. É provável que você precise ler outros conteúdos da agência de viagens, acesse depoimentos de clientes e faça algumas reuniões com o agente de viagens. Mas, você percebe que tudo isso começou porque a agência tinha um conteúdo digital relevante e que através de uma busca no Google ela foi encontrada por um potencial cliente?


Ou seja, tudo acontece de forma muito sutil, o que torna o processo eficiente trazendo resultados de vendas a médio e longo prazo.


Inbound Marketing x Marketing tradicional


Agora que já entendemos um pouco melhor o conceito de Inbound Marketing, vamos trazer as diferenças em relação ao marketing tradicional, também conhecido como Outbound Marketing.


Para isso, vamos a outro exemplo. Imagine que você esteja assistindo televisão e, na melhor parte do programa que você está assistindo, começam as propagandas. E não precisa ser só na televisão, a sua programação consegue ser “invadida” em maios digitais também como no Youtube ou enquanto você escuta música na sua conta gratuita do Spotify. É bem provável que esse tipo de interrupção não lhe chame a atenção e você foque apenas em “quando isso vai acabar” para você voltar a ver ou escutar o que de fato deseja.


Não estamos dizendo que esse tipo de marketing não funciona, muito pelo contrário, funciona sim. Muitas empresas, inclusive, utilizam estratégias para os dois modelos de marketing. Vai sempre depender do seu público-alvo, do tipo de mensagem que você está transmitindo e a forma como você planeja esse conteúdo.


No próximo tópico vamos falar sobre os pilares do Inbound Marketing e os objetivos dos conteúdos durante a jornada de compra do cliente.


Os 4 pilares do Inbound Marketing


Para que essa estratégia tenha um pensar crítico na hora do planejamento, usamos os 4 pilares do Inbound Marketing para nos guiarem na produção de conteúdo. Veja na imagem abaixo o resumo dos pilares.


Agora, vamos abordar com mais detalhes cada etapa:


1. Atração: nesta etapa você capta a atenção de pessoas desconhecidas que estão navegando em sites da internet ou redes sociais. O objetivo aqui é conquistar visitantes regulares e valiosos para sua empresa.

Como: através de posts no blog e redes sociais.


2. Conversão: o segundo pilar tem como objetivo de engajar esses visitantes tornando-os leads estratégicos.

Como: através de landing pages, e-books, conteúdos avançados sobre a solução que a empresa oferece, automação de marketing.


3. Venda: nesta etapa os leads se encontram na sua maioria preparados para fazer uma conversão de venda, ou seja, comprar o que a empresa oferece. No pilar 3, conquistam-se os clientes.

Como: e-mails personalizados de acordo com os interesses de cada cliente, ligações e reuniões para tirar possíveis dúvidas e mostrar os benefícios que o cliente terá ao adquirir a solução.


4. Encantamento: o pós-venda é uma oportunidade valiosa para melhorar a experiência dos clientes, com o objetivo de fidelização e formação dos promotores da sua marca.

Como: newsletters que trazem conteúdo relevante, canais de comunicação pós-venda práticos e rápidos, sempre focados na solução de problemas.


O que é lead?


Há alguns termos técnicos bem comuns para quem é da área de marketing, mas caso você não seja, vamos esclarecer uma dúvida que muitas pessoas têm: quando falamos em Inbound Marketing, falamos muito sobre os leads, mas o que é um lead?


Quando o interesse das pessoas é capturado pela estratégia de Inbound Marketing, elas se tornam um lead para empresa. Ou seja, um lead é um potencial cliente que representa uma oportunidade de venda.


O visitante do seu site, por exemplo, se torna lead quando ele faz o download de algum e-book que a sua empresa disponibiliza, solicita um orçamento ou até uma demonstração gratuita da solução que a sua empresa oferece.


Como o Inbound Marketing pode ajudar a minha empresa?


Você sente que precisa converter mais vendas, mas não sabe nem por onde começar? O Inbound Marketing é uma ferramenta poderosa para você capturar mais leads e saber com quem precisa entrar em contato para iniciar um relacionamento com maiores chances de converter uma venda. Essa estratégia, quando bem aplicada, oferece um processo organizado, consistente e eficiente na área de marketing da sua empresa.


O mundo digital possibilita que os resultados das campanhas sejam mensurados de forma acurada. Dessa forma, você consegue ter acesso a números relevantes para entender melhor o seu público, quais os conteúdos que ele gosta de consumir, onde ele gosta de consumir esse conteúdo e quais são as verdadeiras necessidades que a sua empresa pode ajudá-lo a suprir.


Como dar os primeiros passos


Agora, você deve estar se perguntando como utilizar os pilares do Inbound Marketing na sua estratégia de marketing digital, não é mesmo? A gente responde: através da produção de conteúdo relevante e de qualidade para o público-alvo.


Engana-se, porém, quem acha que essa tarefa é simples e fácil. São necessárias horas de planejamento e dedicação diária para produzir, postar, fazer a gestão de comentários e manter um relacionamento através de engajamento e comunicação ativa nos meios digitais.


A maioria das empresas não tem um time de marketing com recurso humano suficiente para dar conta de tudo. Por isso, formar a parceria com uma agência externa especializada é um dos melhores custo-benefício. Esse time cuidará de tudo, desde o planejamento, passando pela produção e gestão destes conteúdos. Você se preocupará apenas em colher os resultados.


E sabe o que é melhor? Aqui na Omnibus, há diferentes tipos de planos de assinaturas para que o orçamento nunca seja um empecilho para a sua empresa começar a ter presença digital da forma correta. Ficou curioso? Vem conhecer a gente e vamos juntos fazer a sua empresa decolar no mundo digital!


5 visualizações0 comentário